Homem é falsamente acusado de pedofilia por não colocar senha em roteador.

roteador

Um homem norte-americano foi falsamente acusado de consumir conteúdo pornográfico infantil na internet, após seu IP ter sido detectado pela polícia. O culpado tratava-se de seu vizinho, John Luchetti, 25 anos, que usava o WiFi sem bloqueio por senha do acusado.

O homem, que preferiu não se identificar, contou que no dia 7 de março foi obrigado a se deitar no chão, com armas apontadas para si, enquanto sete policiais vasculhavam sua casa. Os desktops, seu e de sua mulher, além de iPads e iPhones, foram confiscados pelos oficiais.

Ao perceberem que pegaram o cara errado, os policiais verificaram que outras pessoas usavam seu sinal WiFi, já que ele não possuía segurança por senha. De acordo com a Associated Press, William Hochul, procurador dos Estados Unidos, e Lev Kubiak, da Corte de Imigração, se desculparam pessoalmente pelo ocorrido, e o acusado não prestou queixa.

Os investigadores afirmam que estes erros podem ser evitados se as pessoas cuidarem melhor da segurança de suas redes. Pessoas podem ser falsamente acusadas de pirataria ou pedofilia por não terem colocado senha em seus roteadores.

Fonte: Olha Digital

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s